08 dezembro 2010

" Mulheres Negras em Todas as Cores "

Cores, história e formas.

Por Fernanda Moraes





"SALVE DANDARA!" É com essa frase, quase que um grito de guerra, que Cláudia Ferreira, fotógrafa, abre sua exposição de fotos em cor sobre mulheres negras. Primeiro pode-se conferir inúmeras vezes o nome de Dandara no caderno de visitas da exposição: Os visitantes deixam textos carinhosos sobre as fotos, logo depois é possível confirmar que a tão citada mulher de Palmares realmente abençoa a exposição.

É a primeira vez que Cláudia faz uma mostra em cores, primeira vez também que expõe suas fotos no Espaço Cultural Cedim, mas podemos observar que não é de hoje que a militância da mulher negra é captada pela fotógrafa. Segundo Cláudia são mulheres que encontrou pelo mundo, em diferentes épocas históricas, de diferentes nacionalidades, que expressam a cultura em que vivem. Abordando a religião com fotos de Mão Beata de Iemanjá, Mãe Hilda de Jitolu e Mãe Stella de Oxossi a exposição nos remete a festa, ao poder e beleza da mulher negra.



Seja com fotografias da porta-bandeira Neide, em desfile da Estação Primeira de Mangueira em 1978, ou com a Rapper e militante política Nega Gizza da Central Única das Favelas-a CUFA - a exposição nos remete ao Carnaval, a ancestralidade,a garra da mulher negra. Todas com muita leveza, sem aquela discussão sobre o preconceito MULHER X HOMEM, NEGRO X BRANCO, discussão necessária sem dúvidas, mas na exposição "Mulher Negra em Todas as Cores" não há lugar para hipóteses. São fatos. São só fotos que mostram cada detalhe, mostram o cotidiano,a realidade exposta em cada foto. Mulheres jovens, idosas, mães, trabalhadoras, pobres, ricas, lindas...

A exposição acontece até o dia 10 de Dezembro de 2010, no Espaço Cultural Cedim Heloneida Studart- Rua Camerino,51. Centro. Rio de Janeiro - de 10:00 ás 21:00.

Se eu fosse você, não perdia!


Por Fernanda Moraes

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...