20 março 2014

Look Black BR#37






No trabalho 

Óculos :R$50
Cordão : Marisa
Blusa South R$30
Calça : C&A R$60
Alpargata : Desejo dos pés R$35
Mochila : Andarella R$230

--
No Look Black BR você pode manda pra gente uma foto sua de corpo inteiro, incluindo os pés... queremos ver tuuudo!Tire fotos, também, dos detalhes do cabelo, pulseiras, brincos,... do que você mais gostar no seu visual e mande pra gente. Depois diga onde comprou cada peçae também onde fez o cabelo(se tiver com alguma arte nele) e também nos fale para onde estava indo tão bonita(o) assim! Quer participar? em em em Manda tudo pro e-mail:trancanago@gmail.com. No assunto você coloca: Look Black BR 

10 março 2014

Miss Lookbook: Opal S


Por: #meuestiloé

Oi lindos e lindas,eu sei que demorei para colocar uma postagem nova,mas tive que permanecer com o anterior pois estava sem internet,mas tudo bem.Deu um pouquinho de trabalho para escolher a Miss Loobook,mas tudo bem,a escolhida foi a Nova Yorquina Opal S.

Seu estilo é bastante diversificado com muitas cores e estampas.
 Links: blog ( aqui )
 Lookbook ( aqui )



 Vejamos alguns dos looks dela:











05 março 2014

Plain

Afaste os móveis da sala e dance.
 
Assista o vídeo do cantor soul Jesse Boykins III Plain e dance dance








"Você está sempre em mudança e desenvolvimento de quem você é e sua perspectiva sobre o mundo. Você precisa ter o máximo de tempo que puder para entender o que fase da sua vida você está em que ele possa canalizar em sua arte em sua forma mais verdadeira. sinto-me como o mais real que é o mais verdadeiro que é, mais as pessoas vão se conectar com você em um nível de longa duração. e isso sem os orçamentos, sem a máquina empurrando para trás. Basta ser tão real quanto você pode ser em sua vida e em sua música. "- Jesse Boykins III

04 março 2014

Fantasia Carnaval 2014

Por:Silvinha Oliveira



Em meio a confetes e serpentinas, a #retalhoscariocas  não pode deixar de colocar "o bloco na rua" A aposta é  nos looks customizado,  ideal para o seu Carnaval ! Com os shorts jeans, tops, baby t-shirts, saias e vestidos tudo leve e solto, com um "Q" de folia. #retalhoscariocas 


Do papel


 Para rua
Deborah Medeiros


Do papel


  Para rua


20 fevereiro 2014

Nada de Black Power, o lance é Girl Power

Girl Power vai além do poder feminino é atitude,  auto-suficiente entre meninas e mulheres. É uma mulher que sabe o que quer e corre para almejar seu espaço. Mostrando que é possível buscar e conquistar seu lugar ao sol sem perder  sua sensualidade, seja qual for o número do manequim.

Com o olhar da  fotografada Grazi Gama  e maquiada por Caroline Muniz e a menina mulher cheia de poder Déborah Dias que montou seus próprios looks posa para deleite de nossos olhos.




















Modelo : Déborah Dias
Fotografa: Grazi Gama
Make : Caroline Muniz
Cabelo: Trança Nagô

Studio Trança Nagô - Atendimento de ter a sáb das 10h até as 20h Tel.:(21)2450-3043 , Ed. Cultura, Rua Carvalho de Sousa, 182, sala 203. Madureira -RJ

19 fevereiro 2014

The beard book, o livro das barbas

Por:Ana Beatriz,

Centenas de homens barbudos desfilaram suas barbas no Campeonato Mundial de Barba e Bigode em Anchorage, Alaska,e o fotógrafo (também provido de uma bela barba) Matthew Rainwaters estava lá para fotografar tudo.
O plano de Matt era convencer seu amigo a entrar no campeonato "Eu sabia que o próximo Campeonato Mundial de Barba e Bigode iria acontecer em cerca de dois anos, então eu o convenci a deixar a barba crescer e competir, enquanto eu ia fotografar a coisa toda.", lembra Rainwaters.
Ao acompanhá-lo nessa inusitada viagem ao Alasca, Matthew capturou a experiência, documentando centenas de barbas extraordinárias que provavelmente deixaria Rick Ross #chateado ! :-P








Esta coleção de retratos foi lançado em forma de livro, intitulado "The beard book", lançado em 2011 pela Chronicle Books. Confira o trailer de lançamento:
 

Uma magnífica coleção de costeletas, barbas, e bigodes, este livro é obrigatório na prateleira de qualquer verdadeiro apreciador de pelos faciais! hehehe

Fonte: x x 


10 fevereiro 2014

FAZENDO A CABEÇA.

Nossa ação FAZENDO A CABEÇA é um projeto visual #TrançaNagô É um meio de apresentar o que fazermos em nossa cúpula. Todos os penteados foram feitos pelos Studio Trança *Nagô*essas fotos foram tiradas em nosso Studio. BEM  vamos as fotos 



















Fotógrafa: Natasha Montier
Modelos : Caique Santos e Wildelane Barros.
Produção: Trança Nagô

O Studio Trança *Nagô* Ed. Cultura, Rua Carvalho de Sousa, 182, sala 203. RJ, Madureira, (21) 2450-3043 ! atendemos de terça a sábado das 10h até as 20h.

06 novembro 2013

Quem tem medo da transição? #1



Acho a maioria das meninas de cabelos crespos já sofreram com o estica e puxa do pente quente ou chapinha para alisar as madeixas. Vivemos numa sociedade onde os lisos são bonitos e agora, depois de muito custo e sofrimento com química, os crespos estão tendo a sua vez. Agora ser black também é lindo e, por isso, surge outro problema: o temor da transição. Sair da química e deixar o cabelo natural requer muita paciência, pois terá que tomar uma série de cuidados com o cabelo e ter coragem para cortar.

Segue o depoimento da Maria que passou por esta fase e agora esta realizada com o resultado. O relato mostra o que as meninas sentem neste período.

 “Minha história é o seguinte: sempre tive os cabelos crespos e difíceis de arrumar. Me lembro muito dos meus choros, quando ainda criança, na hora de sair por causa do cabelo que sempre ficava horrendo. Mas o tempo passou e ,por volta dos meus 15 anos, comecei a fazer relaxamento somente na raiz para baixar o volume, fiz isso até os meus 34 anos. 

Foi aí então que conheci a comunidade Cabelos Cacheados no Orkut, passei a visitar a página todos os dias buscando uma solução pois, já estava cansada de relaxar o cabelo. Ele caia, ficava ressecado e o pior, eu relaxava só a raiz, mas um dia a raiz virou ponte e os cachinhos das pontas sumiram e ficara só uma bucha.

 Depois de ler muitos comentários e experiências das meninas da comunidade, resolvi que deixaria de relaxar o cabelo e assumiria o natural, mas tinha muito medo disso, pois quando eu lembrava da luta de arrumar o cabelo quando criança pensava que nunca conseguiria usar ele natural, pois duvidava muito que ficaria ajeitado e bonito. Mas mesmo assim queria tentar. Eu só relaxava o cabelo de 8 em 8 meses. Quando eu tive coragem para cortar o cabelo, já fazia 1 ano e 8 meses que estava sem relaxar, pois não queria mais relaxar o cabelo, mas ainda tinha muito medo de cortar e ficar mais feio ainda. 

Fui ao meu cabeleireiro e pedi pra ele cortar. Ele cortou só um pouco, pois disse que eu iria me arrepender. Voltei lá outro dia e pedir pra ele cortar de novo, ele cortou mais um pouco. Na verdade ele não tinha coragem de cortar porque por vários anos arrumei cabelo com ele, e na hora de cortar as pontas eu brigava muito para ele tirar o mínimo possível, por isso ele tinha receio de eu me arrepender. 

Por fim fui à outra cabeleireira e pedir pra ela para cortar, ela de imediato disse: - vamos logo tirar toda a parte que tem química, aí fica logo todo natural. Eu disse: - É isso mesmo que eu quero! Desde esse dia foi só maravilhas, curti todas as fases dele, curtinho, médio e agora. Ele tá bem maior. Cuidava dele com todo o carinho, fiz rios de hidratações, nutrições e reconstruções, tudo em casa. Comprei vários produtos e ele respondia bem a todos eles. 

Posso dizer que hoje ele mudou o meu jeito de ser. Recebi muitas críticas quando cortei, pois sempre tive fios longos. Mas confesso que hoje recebo elogios sempre. Sei que ele ainda não tá no tamanho que eu quero, mas amo quando passo na rua e vejo que muitas pessoas dizem: - Nossa que cabelo lindo! Ah, eu me acho mesmo com meu cabelo crespo e natural. Rs... 

A história tá resumida viu? Se eu fosse contar tudo detalhado era um jornal bem maior que este.”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...