07 outubro 2011

Coisa de MULHER #13

Por: Debora Brito



Aaaah, quando nos apaixonamos por aquela sapatilha, aquele tênis ou aquela sandália linda e, na hora que o vendedor vem nos trazer para experimentar, manda: “não temos seu número, senhora Uma decepção fodida, um mix de raiva e uma tristeza - vazia e superficial - vem sentar do nosso lado...”Senhora é o caralho, moço, pode trazer os números que você tem, um a mais, um a menos, outra cor, quero experimentar e não saio daqui sem um par”

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca comprou um numero maior ou menor de algum calçado encantador?! Eu já. Mas de tanto usar, alargou e ficou bom...ufa.

E como é bom vestir aquela calça e não precisar dar aquela tremidinha pra faze-la entrar!!! Qual mulher nunca precisou dar uma tremidinha uma vez na vida!? Não é nem porque a peça é pequena, mas facilita na hora de vestir. Claro que tem vezes que não adianta, porque aquele jeans encolheu, a amiga cresceu um número, ou o pandeirão deu aquela expandida.... ou ainda, a dificuldade é grande de achar um jeans bom, para corpos femininos e curvilínios. Porque veja bem, nessa onda de jeans apertadinho e cortes “slim”, a gente que não é magra igual uma modelo pele e osso, se fode. É difícil demais achar jeans pra gordinha, ou jeans que não engate na coxa, jeans que não gangrene as pernas, jeans que não estrangula o quadril, jeans torto, jeans safado que divide o beicinho .....rsrsrsrs.....

Pois é, agora, super vergonhoso e constrangedor é aquela calça/bermuda/shorts que divide.... Pata de camêlo, “ta rachando”, havaianas, torâno.... cada um(a) chama de um jeito. Sei que é feio demais, desagradável na minha concepção de vestuário... Não entendo se é um problema de modelagem, se a roupa é um número menor e a moçôila sem noção sóóóóca demais, trêêême demais, ou ainda, como disse uma amiga de trabalho “não dá pra por uma SãoPaulo dentro de uma Anápolis, que dá nisso mesmo”.rsrsrsrs .

Fora que ginecologicamente falando, não é indicado o uso do jeans justo pra caralho. Não é saudável. * Tive uma calça que dividía, rsrsrs, terrível. Não sabia porque ela incomodava, ou o motivo de me sentir ofendida.... No segundo uso, tive a certeza do que se tratava e de que não podia nunca mais usar uma coisa danada daquele jeito. E, qdo vejo alguém assim na rua, me bate uma dó e uma vergonha alheia....

Mas afinal, gosto é gosto... Se tem mulher que não se importa, se sente bem, tranqüilo! Coisas de Mulher...


Furacão 2000 - Bola de Fogo e As fogosas - Atoladinha

Bazar http://www.lojadressto.com.br/home/?___store=bazar



Por: Debora Brito
Email:deborasbrito@ig.com.br
http://www.fotolog.com.br/dbura/

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...