16 dezembro 2009

Cultura ou Moda?

Por: Fabio Alves

A questão do cabelo crespo é conflituosa, é um ícone identitário que se sobressai ainda mais que a questão da cor da pele. O cabelo é como uma extensão corpo; revela um pouco do que sou e minhas variáveis formas. Pode ser Black Power ou Nagô, esse sou eu.

Na verdade, não da para saber quando uma pessoa usa trança por uma questão cultural ou simplesmente moda, o único fato incontestável é que ela realmente está usando. Estar usando uma Trança Africana, por si só, já é uma grande representatividade.

O resgate dessa cultura africana veio a partir da moda e tem sido ela que vem difundindo vários modelos de tranças e blacks pelo mundo afora. A democracia da moda fez com que um ícone da identidade negra se difundisse a partir da mídia e o orgulho da raça se torna cada vez maior. Mas retomar a auto-estima dos povos historicamente oprimidos não deve ser um caminho para que o orgulho negro que torne racista. O orgulho indiscriminado de uma etnia só fomenta a segregação, ele só tem que ganhar campo num nível necessário para aumentar a auto estima de um povo marcado historicamente.

2 comentários:

  1. "O orgulho indiscriminado de uma etnia só fomenta a segregação"

    Falou tudo, cara.

    ResponderExcluir
  2. Eu pessoalmente decidi usar o cabelo natural não por moda e sim porque estava a perder o meu cabelo com as químicas agora nem quero ver esse negocio a frente porque afinal nenhuma mulher quer ficar careca não é verdade.
    Uma vez natural as vantagens são tantas e as possibilidades imensas para quê arriscar mais na química!?Cada um usa o cabelo do jeito que quer e eu quero ele bem saudável heheheheh abraços.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...