14 maio 2010

Erykah Badu quase vai presa e provoca debate político nos EUA.

“Window seat”, o novo clipe da cantora Erykah Badu, está provocando polêmica. No vídeo, Badu tira toda a roupa enquanto caminha pelas ruas de Dallas, e é atingida por um tiro falso no mesmo local onde foi assassinado o presidente John F. Kennedy, em 1963.

A peça é parte da divulgação de “New Amerykah Part Two (Return of the Ankh)”, quinto álbum de estúdio de Erikah Badu, que chega às lojas nesta terça-feira (30).

De acordo com o site da MTV, a gravação das cenas poderia ter levado Badu – que é nascida em Dallas - para a cadeia por indecência pública. De acordo com a policial Janice Crowther, a cantora não pediu autorização para as filmagens.

A pena para a contravenção poderia chegar a um ano de cadeia e uma multa de US$ 4 mil, explica a policial.

Fiança
Os produtores do clipe dizem que estavam preparados e inclusive carregavam dinheiro para pagar a fiança caso a cantora fosse detida. “Assim que terminamos de gravar o clipe, nós colocamos ela para dentro da van e sumimos”, contaram os diretores Coddie e Chike.

“Quando estávamos gravando, era uma bagunça. Tinha uma caipira que ficava gritando ‘coloque as suas roupas! Tem crianças aqui’. Mas também tinha gente assistindo normalmente. ‘É liberdade de expressão’, falamos.”

O vídeo estreou no domingo (28) no site oficial de Badu. Em sua conta no Twitter, a cantora disse que “nós não planejamos a filmagem. Coodie e eu fizemos tudo sem pensar. Muito ocupados procurando policiais e ficando paralisados de medo.”

Local sagrado
Badu disse em entrevista ao “Dallas Morning News”, que escolheu como cenário a famosa “elevação gramada” da praça Dealey porque “era o lugar mais monumental que pude imaginar em Dallas”.

John Kennedy levou um tiro na cabeça em 1963 quando passava de carro pela praça Dealey, e seu assassinato provocou comoção nos EUA e no mundo. O local de sua morte é amplamente visto como um lugar sagrado.

John Crawford, presidente do grupo sem fins lucrativos Downtown Dallas, disse ao Dallas Morning News que o vídeo “é de mau gosto e evidencia mau julgamento.”

O vídeo também suscitou uma discussão acirrada entre blogueiros e em sites de mídia social. Um comentarista escreveu no YouTube: “Uau, é triste que a arte foi exibida claramente e ninguém parece captar. De que maneira isso é um desrespeito para com JFK? Para mim, é inspirador.”

Mas a blogueira Janet Shaw, do site blackpoliticalthought.com, escreveu: “Erykah Badu enlouqueceu. Esse ato repugnante aconteceu em Dallas, perto da praça Dealey. Não é assim que uma artista decente deveria se comportar.”

FONTE:http://www.rapevolusom.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...